sexta-feira, 14 de abril de 2017

Rigor Mortis - "Rigor Mortis" (1988)

Mundo Metal [ Clássicos ]



Revisitemos um belíssimo petardo do Thrash Metal estadunidense.
"Rigor Mortis", o primeiro e auto-intitulado álbum de estúdio do Rigor Mortis. Dono de uma arte de capa simples, mas que reflete a crueza de seu conteúdo, esse debut possui uma qualidade extremamente admirável.

O disco já se inicia com a poderosa instrumental "Welcome to Your Funeral". Pense numa composição instigante desde o seu título até o âmago de seus arranjos. É exatamente o que ela é! O restante do álbum possui o mesmo padrão de qualidade e podemos destacar faixas como "Demons", "Bodily Dismemberment", "Shroud of Gloom", "Die in Pain", - que conta com o desempenho impecável do baixista Casey Orr nos vocais - , "Vampire" e "Re-Animator".

Os riffs e solos de guitarra de Mike Scaccia (ex-Ministry) (R.I.P. 2012) são intensos e muito inspirados, sempre incentivando o ouvinte a "banguear. A "cozinha" encabeçada pelo baixista Casey Orr e pelo baterista Harden Harrison é insana e entrosada, executando variações criativas e bem construídas de andamento. Já os vocais de Bruce Corbitt (Warbeast) são agressivos e rasgados na medida certa. Não há espaço para faixas ruins! Todas as dez faixas do álbum possuem qualidade de sobra e merecem ser escutadas diversas vezes. 


Em meados de 1991, após o lançamento do segundo álbum "Rigor Mortis vs. the Earth" (1991), o Rigor Mortis encerrou as suas atividades, entretanto a banda foi reformulada em 2005. Uma primeira reunião contando com o vocalista Dave Woodard foi planejada em 2003, mas nunca foi levada adiante. Após o falecimento do guitarrista Mike Scaccia em 23 de dezembro de 2012, em decorrência de um ataque cardíaco, a banda havia sido encerrada permanentemente. 

No ano de 2014, os integrantes remanescentes e seu amigo Mike Taylor fundaram uma banda de tributo, The Scaccianators para tocar no primeiro show da "Mike Scaccia Rock the Heart Foundation", uma iniciativa tomada pela família de Mike com a finalidade de auxiliar pessoas com problemas cardíacos. Nesse período, os músicos lançaram o excelente "Slaves to the Grave", o seu terceiro e último álbum de estúdio. Ainda no mesmo ano, a banda optou alterar o seu nome para Wizards of Gore, em respeito a Scaccia. 

Donos de uma discografia curta e impecável, o Rigor Mortis é uma daquelas bandas que não costuma ser mencionada com frequência, porém cuja qualidade é inegável. Todos os seus trabalhos merecem ser ouvidos por todos os apreciadores do bom e velho Thrash Metal, em especial esse 
majestoso debut!

Por David Torres

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...