terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Mundo Metal Entrevista: FIRE STRIKE


O movimento denominado NWOTHM (New Wave Of Traditional Heavy Metal) vem apresentando uma série de ótimas bandas ao redor do mundo e consiste em resgatar a sonoridade mais clássica do Heavy Metal. No Brasil, mesmo com a boa fase e os ótimos lançamentos em diversas vertentes, o movimento chegou timidamente e possui poucos representantes.

O grupo que adota este tipo de proposta e que chama mais a atenção em nosso underground é o Fire Strike. Banda formada por Aline Strike (Vocal), Helyad Amaro (Guitarra), Henrique Schuindt (Guitarra), Edivan Diamond (Baixo) e Alan Caçador (Bateria). Lançaram o excelente EP "Lion And Tiger" (2013) e no momento, trabalham na produção de seu debut, previsto para ser lançado no primeiro semestre de 2016.

Pra quem não conhece a banda, o Fire Strike executa um Heavy tradicional de primeira linha e além de contar com músicos extremamente talentosos, tem como diferencial, os poderosos vocais de Aline Strike. O grupo vem recebendo uma enorme aceitação no underground paulista e chegou a abrir as apresentações dos lendários Omen e Manilla Road. Para saber a quantas anda o processo de gravação do aguardado disco de estréia, batemos um papo com o baixista Edivan Diamond.


MUNDO METAL: Como você enxerga o movimento denominado NWOTHM? Sendo uma das poucas bandas brasileiras que se enquadram nesse tipo de sonoridade, como tem sido a recepção do público à música do Fire Strike?

Edivan: Hoje em dia vejo várias bandas que estão surgindo e resgatando a sonoridade dos anos 80 com a NWOTHM. Nós do Fire Strike temos total influencia das bandas clássicas e procuramos fazer um som parecido com o dessas bandas. O publico vem sendo muito receptivo com a nossa música, tanto os fãs do brasil, como no mundo todo e além disso, tenho lido muitas resenhas favoráveis do "Lion and Tiger" em vários sites internacionais, isso é bem motivador.

MUNDO METAL: O vídeo clipe para a faixa "Night Fever" chegou a um número bem expressivo de visualizações no YouTube. Como foram as gravações e com essa receptividade, podemos esperar um novo vídeo em breve?

Edivan: Sim, em quase 2 anos que o vídeo foi gravado, houve mais de 120 mil visualizações. Quando gravamos o clipe não esperávamos uma receptividade tao grande, mas ela foi bem satisfatória não só aqui do brasil, mas em todo o mundo. Com o novo CD, já temos idéias para o próximo vídeo e assim que o álbum for lançado, iniciaremos a gravação do novo clipe.

MUNDO METAL: Vocês estão gravando. Qual o estúdio escolhido, com que produtor estão trabalhando e como tem sido essa experiência?

Edivan: Estamos gravando no estúdio do Marcello Pompeu (Korzus), com produção do Andria Busic (Dr. Sin) e está sendo uma experiência incrível trabalhar ao lado desses grandes ícones do Heavy Metal nacional. Andria e Ivan Busic, que também dá uma força na produção, demonstram total profissionalismo e dedicação, essa experiência tem sido muito boa!

MUNDO METAL: Conte-nos um pouco sobre a sonoridade do disco. O que os fãs podem esperar são composições na linha de "Lion And Tiger" ou algo novo?

Edivan: Estamos preparando um álbum totalmente Heavy Metal. Ele vai conter 9 faixas, onde 5 são inéditas e 4 são regravações, sendo 2 da nossa Demo Tape e 2 do EP "Lion and Tiger". Nesse novo CD, conseguimos achar a verdadeira sonoridade do Fire Strike, mas tem sim algumas lembranças do "Lion and Tiger". A grande diferença é que estamos mais amadurecidos musicalmente e as composições estão soando mais técnicas, tenho certeza que todos irão curtir bastante.



Saiba um pouco mais sobre o Fire Strike e fique antenado nas novidades da banda acessando:

Site Official:
http://www.firestrike.com.br

Facebook:
https://www.facebook.com/FireStrikeBand