segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Lançamento: Mickey Junkies - "Since You've Been Gone" (2016)


Este é um lançamento que deve agradar a todos os amantes do bom e velho Rock 'N Roll. "Since You've Been Gone" é um disco carregado de elementos e influências de diversos estilos, nele temos um leque de ritmos bem variados e desde o Rock clássico, passando pelo Psicodélico e o Blues, a banda se mostra irrepreensível acertando em praticamente todas as composições e apresentando um trabalho forte e cheio de identidade.

Pra quem ainda não conhece, Mickey Junkies é um  grupo datado do início dos anos 90 - mais precisamente 1991 - que chegou a gozar de muito prestígio na cena alternativa. Na época rodaram praticamente todo o circuito underground e foram destaque em diversos meios especializados. Infelizmente o grupo se dissolveu e só retornou 10 anos depois, já em 2007. 

Hoje, a Mickey Junkies conta com Rodrigo Carneiro (vocal), Érico Birds (guitarra), André Satoshi (baixo) e Ricardo Mix (bateria), depois de lançar um trabalho apenas em formato digital em 2008, o relançamento do ótimo "Stoned" (1995) com sete faixas bonus, eis que a banda retorna com este "Since You've Been Gone", um mix de canções totalmente novas e algumas músicas compostas ainda nos anos 90, porém apresentadas aqui com uma roupagem mais moderna.

O álbum foi gravado no estúdio Wah Wah (São Paulo) e produzido por Michel Kuaker (Yo-ho Delic), a arte de capa é um trabalho de Jorge Lepesteur e o disco é um lançamento da Shinigami Records. Além dos integrantes fixos, o registro ainda conta com a participação especial do músico Ed Junior, que toca gaita em faixas como "A Tired Vampire" e a canção título, trazendo um clima diferenciado e agregando ainda mais elementos a musicalidade do grupo.


"Since You've Been Gone" tem como tema central, o amor em todas as suas perspectivas, desde o lado aventureiro e emocional, até as desilusões e os rompimentos. Todas as letras são de Rodrigo Carneiro, exceto "Alguma Coisa", que é um cover da banda gaúcha DeFalla, que encerrou atividades recentemente.

Como destaque, temos a energética "Big Bad Wolves", com um ótimo riff a lá Jimi Hendrix e uma levada empolgante , "Stoned", que apesar de carregar o nome do primeiro álbum da banda, foi composta depois de seu lançamento e traz uma veia Stoner, "Trying To Resist" é totalmente psicodélica e "Sweet Flower" é a faixa mais antiga presente no disco, presente ainda na primeira demo de 1992, mas que em sua nova roupagem se desenvolveu e ganhou uma passagem versada em português. Ainda destaco a sequência inicial formada por "Nothing To Say" e "Something About Destruction", com grooves e passagens repletas de peso.

Este é um trabalho que soa despojado, diverte desde o início e foi feito para ser ouvido com volume no talo, deve ser apreciado por todos aqueles que se permitem admirar um disco de Rock alternativo com influências diversas e muito bom gosto. Recomendo!


Integrantes:

Rodrigo Carneiro (vocal)
Érico Birds (guitarra)
André Satoshi (baixo) 
Ricardo Mix (bateria)

Faixas:

 1. Nothing to Say
 2. Something About Destruction
 3. Since You've Been Gone
 4. Use Me
 5. Stoned
 6. Tryin' to Resist
 7. Sweet Flower
 8. Big Bad Wolves
 9. Alguma Coisa
10. A Tired Vampire

por Fabio Reis
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...