terça-feira, 6 de setembro de 2016

Shallrise: peso, agressividade e um conceito espiritualista


As letras são uma parte importantíssima da música, porém muitos headbangers não se preocupam com o que os músicos estão passando no conteúdo lírico de suas canções, outros consideram apenas um complemento da composição e apenas uma pequena parte se importa de verdade com conceitos, letras e idéias apresentadas por um grupo de Metal. Mesmo com esse pouco interesse e reconhecimento, alguns artistas fazem questão de desenvolver discos conceituais, com letras ricas, as vezes cheias de mensagens ocultas e as histórias contadas de forma minuciosa, são uma forma de trazer o ouvinte para dentro do universo criativo da banda.

Apesar do público brasileiro de forma generalizada ainda ter uma certa dificuldade em buscar conhecer o que é cantado pelas bandas, mais e mais grupos vem demonstrando uma grande preocupação em dissertar sobre assuntos em específico e assim, trazer não apenas som, mas sim conteúdo ao seu trabalho. 

A Shallrise, original de Goiás, lançou o seu primeiro EP em 2016 e é uma das muitas que apreciam conceitos e tratam de assuntos específicos na sua música. "Revocandi", apesar de ser o primeiro registro do quinteto dono de um Groove Metal repleto de referências ao Thrash e ao Death Metal, aposta numa obra conceitual. Por trás de todo o peso e agressividade evidenciado no som da banda, "Revocandi" nasceu da dor e do sentimento de perda de dois integrantes. 


Segundo o guitarrista Guilherme Costa: "A ideia de fazer um trabalho conceitual acompanha a banda desde a sua formação e um acontecimento na minha vida e do meu irmão Leandro (baterista), nos motivou a fazer uma homenagem à perda de um ente muito querido, essa pessoa foi de importante influência para que nós ingressássemos no mundo da música. Foi de senso comum uma abordagem através do conceito espiritualista, tentamos explorar de forma resumida, com cinco faixas apenas, como seria a passagem de plano para uma pessoa que morreu, até o seu retorno a Terra em busca de redenção."

A composição foi pensada em seus mínimos detalhes e Guilherme no conta: "Partindo do princípio do conceito espiritual, pensamos nas letras de uma forma que se criasse uma história, seguindo uma sequência para entendimento dos acontecimentos e abordando assim o tema do espiritismo. Cada música, em sua sequência, forma uma frase que resume bem a ideia do EP: The Fallen, Simply For Nothing, Immersed In Memories, Follows His Quest, For Redemption. Em sua tradução teríamos algo como: o derrotado, simplesmente por nada, imerso em lembranças, continua sua busca, por redenção."

O meio Metal é repleto de dogmas, regras e muitos preconceitos, geralmente uma parte considerável do público adota a postura de anti religião e costuma implicar com bandas que se utilizam de temáticas Cristãs ou religiosas, mas Guilherme é bem tranquilo quanto a isso e explica: "Nós não seguimos uma "regra". Optamos apenas por abordar esse assunto, pois poucas bandas apresentam esse tipo de conceito, assim tentamos explorar ideias novas, até mesmo como uma forma de destacar o trabalho que fazemos. Além disso é uma forma de manter viva a memória de quem nos iniciou na música e uma forma de se diferenciar em meio a bandas que costumam falar de assuntos do cotidiano. Quem sabe o que iremos abordar no próximo? É apenas um tema escolhido, não uma ideologia que queremos difundir ou defender."


Pelo conteúdo das letras e a forma com que elas foram criadas, percebe-se todo um cuidado e preocupação em proporcionar uma viagem ao ouvinte. A banda aprecia bastante esse tipo de álbum e quando indagada sobre o conteúdo dos próximos discos, deixa claro: "Sim. Já iniciamos um novo trabalho, também conceitual. Gravamos nossa primeira música e já fizemos a pre da segunda e, apesar de seguirmos a ideia do conceito também para esse álbum, as músicas estão bem diferentes, estamos acrescentando mais influências nas composições novas e estamos contentes com o resultado que está surgindo. A questão do conceito abre um leque de opções a serem explorados, auxilia na forma de composição, as melodias a serem criadas, letras.  Acreditamos que o álbum conceitual chama atenção pela sua complexidade em ser criado e pela história em si, que de forma bem explorada consegue atrair diferentes olhares críticos. A nossa tentativa é a de mostrar que não se faz algo aleatório, sem um motivo e, dar o suor por essa causa (a de entreter apresentando mais do que apenas música) é totalmente gratificante."

Quem quiser ouvir o EP "Revocandi" na íntegra, basta acessar  o link abaixo e fazer o download gratuitamente:

https://www.4shared.com/rar/UQ6vM_lEce/Shallrise_-_Revocandi__2016_.html

por Fabio Reis