sábado, 25 de junho de 2016

Jackdevil: guitarrista André Nadler tem sua guitarra destruída por companhia aérea e não é reembolsado


Não é de hoje que algumas companhias aéreas vem mostrando toda uma falta de respeito com seus usuários e no último dia 20 de junho, o guitarrista André Nadler, da banda de Speed/Thrash Metal Jackdevil, postou nas redes sociais uma nota informando que sua guitarra foi totalmente destruída em um voo da Argentina para o Chile, em dezembro de 2015 e até o presente momento, o reembolso não aconteceu, causando ao músico um prejuízo de mais de 3 mil reais.

Segue a nota abaixo:

"Amigos, estou precisando da solidariedade de todos vocês. Quem é músico ou sabe o valor de um instrumento profissional vai entender a situação e me ajudar a compartilhar essa cena de descaso e falta de respeito da companhia aérea LATAM Airlines em relação ao episódio que será explicado abaixo.
Infelizmente algumas empresas no Brasil levam certas situações como brincadeira, desrespeitando e lesando o cliente sem preocupação alguma de reparar os danos causados por sua falta de profissionalismo.

Desde dezembro a LATAM destruiu uma de minhas guitarras durante a primeira turnê do ?#?JACKDEVIL? fora do Brasil, mais precisamente em um voo da Argentina ao Chile e mesmo com o adesivo sinalizando que era um produto frágil acompanhamos os funcionários arremessando nossos cases de madeira para dentro do avião como se fossem sacos de lixo. Fomos ao departamento responsável da companhia assim que recebemos o equipamento danificado no saguão, ainda dentro do aeroporto, e eles nos passaram a documentação toda para reembolso da guitarra e bastaria eu comprar uma nova e enviar a nota fiscal e dados por e-mail. Mas ali era só o começo da tempestade.

Já se passaram 6 meses, me prometeram depositar o valor do prejuízo pelo menos 3 vezes através de telefonemas onde gastei créditos absurdos para tentar resolver com a LATAM, mas nunca recebi um centavo e continuo lesado. Enquanto a companhia aérea ganha milhões eu fico aqui com o estrago orçado em quase R$ 3.000,00 - que para um músico é um valor alto - e sem qualquer outra satisfação, apesar de ter em mãos todos os documentos que comprovam que a empresa deveria me pagar. 

Somente com a banda já gastamos mais de 50 passagens aéreas viajando em turnês e shows, mas parece que poupar dinheiro enganando um cliente parece ser mais viável.

Recorrer através da internet está sendo minha última saída, pois nos próximos meses vamos partir para a terceira grande turnê da banda e continuo com minha guitarra destruída e sem nenhum reembolso.

Peço a ajuda de vocês que me conhecem e sabem da luta do #JACKDEVIL para que as coisas aconteçam. Compartilhem essa informação para que a LATAM tenha mais decência com os músicos que utilizam os serviços da companhia e procure atender seus clientes de uma maneira mais honesta.

Por um mundo onde companhias aéreas respeitem os usuários de seus serviços e, consecutivamente, sua bagagens. Parece que o adesivo escrito "frágil" não significou nada para os funcionários da LATAM e acabou que até agora eu estou de mãos atadas por ser um cidadão honesto e decente.

Aguardamos o pronunciamento da empresa..."


Não temos dúvidas que a LATAM Airlines está agindo de má fé e se quisessem realmente resolver essa questão, há muito tempo deveriam ter feito o reembolso de um material danificado por seus funcionários.

Esperamos que mesmo tardiamente, o músico André Nadler consiga reaver os valores referentes a este prejuízo, pois todos nós sabemos o quanto é difícil pra uma banda do underground conseguir se manter na ativa.

Respeito e justiça é o que desejamos nesta situação!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...