quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Satyricon: sobre o disco novo, "vai ser um álbum muito carregado, intenso e muito diversificado"


Na edição deste ano do Bloodstock Open Air, Kjetil-Vidar "Frost" Haraldstad, baterista do Satyricon, deu uma entrevista ao VirtualFestivals.com e falou sobre como esta o processo de composição para o novo álbum da banda. O músico explica:

"Nós fomos muito longe. Quero dizer, nós fizemos muito material. Posso dizer com segurança que provavelmente fizemos mais de três centenas de temas para este álbum, agora estamos concentrando todo este material nas canções reais e estreitando as coisas, é realmente o que estamos fazendo agora. Estamos decidindo quais músicas vão entrar no álbum. O tipo de música que fizemos são difíceis de trabalhar, vamos deixar por isso mesmo, elas não se encaixavam nas músicas que foram se cristalizando nesse período, portanto, agora temos cerca de dez, doze partes de músicas que estão mais ou menos no estágio de conclusão, elas soam como músicas muito boas. Vamos gravar o álbum provavelmente em janeiro e soltá-lo no próximo ano."

Ao ser questionado se há um tema específico para o disco, Frost foi categórico:

"Não. O disco está mais criativo do que qualquer coisa que tenhamos feito antes. Eu acredito que conseguimos abrir algumas portas, em termos de criatividade, do que com álbuns anteriores. Este elemento dinâmico era importante. O que eu sinto é que todas aquelas portas nos levaram a algum lugar e agora estamos vindo a explorar todas elas, o resultado é o que você vai ouvir nesse próximo álbum, ele irá muito mais longe do que os anteriores e eu acredito que vai ser um álbum muito carregado, intenso e muito diversificado. Um álbum impossível de resumir em poucas palavras, o que é uma coisa boa."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...