terça-feira, 14 de junho de 2016

D.R.I. - "But Wait... There’s More!" (EP) (2016)


Vinte anos após terem lançado o seu último álbum de estúdio, o excelente “Full Speed Ahead” (1995), os veteranos norte americanos do Hardcore Punk/Crossover Thrash D.R.I. finalmente retornam com um pequeno, porém fabuloso material de inéditas intitulado “But Wait... There’s More!”, um EP matador lançado no dia 10 de junho, através do selo Beer City Records. A capa em si já entrega o jogo e demonstra que o senso de humor debochado da banda continua vivo, trazendo uma ilustração que simula um anúncio publicitário contendo referências a cada uma das faixas presentes no registro.  Ao todo, temos cinco faixas destruidoras, sendo que as três primeiras são composições inéditas que a banda já vem executando ao vivo há algum tempo e as duas últimas são regravações de dois grandes clássicos do grupo.

Os “riffs” portentosos de Spike Cassidy, ao lado da “cozinha” pulsante encabeçada pelo baixista Harald Oimoen e pelo baterista Brandon Karns introduzem “Against Me”, a faixa de abertura dessa EPerfeição. Logo de cara percebemos que os mestres realmente voltaram com tudo. Aqui estão todos os elementos que o fã da banda mais deseja ouvir, executados com genialidade e perfeição. “Anonymity”, a segunda faixa, é igualmente espetacular e conta com um andamento mais veloz e que remete ainda mais aos clássicos álbuns gravados pela banda na década de oitenta. Simplesmente fantástica!


Viciante até dizer chega, “As Seen on TV” entra em cena com seus integrantes pronunciando em alto e bom o som o título da canção. Os andamentos da música seguem a boa e velha cartilha da banda, enchendo o ouvinte de orgulho a cada nota tocada. O final fica reservado para as ótimas regravações das clássicas “Mad Man”, originalmente lançada no espetacular “Dealing With It!” (1985) e “Couch Slouch”, que já possui duas versões gravadas anteriormente, sendo que uma está presente no “debut” “Dirty Rotten LP” (1983) e a outra, no álbum sucessor “Dealing With It”. Sendo assim, essa é a terceira releitura gravada pela banda. Sucintamente, ambas as canções ganharam uma roupagem ligeiramente mais cadenciada e moderna. 

“But Wait... There’s More!” é a prova cabal de que os “Sujos, Podres e Imbecis” estão mais vivos do que nunca. O quarteto arrebenta e concebe um registro que mesmo sendo extremamente curto, não atingindo sequer dez minutos de duração, entrega exatamente o que todo fã da banda espera em um trabalho dos músicos: composições marcantes, poderosas, divertidas e totalmente empolgantes. E que esse trabalho incentive a banda gravar um novo álbum de inéditas! Se isso ocorrer, podemos ter certeza de que teremos um belíssimo petardo!



♫ “Mad man, he'll kick down the door
Mad man, he'll call you a whore
Mad man, he'll brand you a slut
Mad man, he'll kick your butt!” ♫

Integrantes:

Kurt Brecht (Vocal)
Spike Cassidy (Guitarra)
Harald Oimoen (Baixo)
Brandon Karns (Bateria)


Faixas:

01. Against Me  
02. Anonymity  
03. As Seen on TV  
04. Mad Man  
05. Couch Slouch

por David Torres

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...